HOME Multimídia

Multimídia

Fique por dentro...

A celebração foi recheada de mística e de gratidão pelo dom da vida e da vocação do Pe. Orestes.
Padre Orestes Fistarol celebra seus 25 anos de Ordenação Presbiteral

No dia 10 de dezembro, na Capela do Patronato, em Pará de Minas-MG, o inspetor da Inspetoria São João Bosco, Pe. Orestes Fistarol, presidiu a Eucaristia em Ação de Graças pelos seus 25 anos de Ordenação Presbiteral. Preparada pela Comunidade de Pará de Minas, a celebração foi recheada de mística e de gratidão pelo dom da vida e da vocação do Pe. Orestes.

Animada pelo Coral Lisboa, e concelebrada por vários Salesianos presbíteros, a Eucaristia contou, ainda, com a presença de membros de outros grupos da Família Salesiana e de familiares do Pe. Orestes, que vieram do Sul do Brasil para celebrar com ele.

No fim da celebração, o Vigário do Inspetor, Pe. Ricardo Sávio do Sacramento, em nome da ISJB, fez um agradecimento e, ainda, leu e entregou a Bênção Apostólica do Papa Francisco ao jubilando. Também o Pe. Sedney Manja, diretor da Presença Salesiana de Pará de Minas, em nome da Comunidade, fez o seu agradecimento ao padre inspetor, parabenizando-o pelo seu Jubileu de Prata Sacerdotal.

Após a celebração, o Coral Lisboa abrilhantou a festa, apresentando a Cantata de Natal. A festividade foi encerrada com um almoço de confraternização.

Entrevista

A equipe da Comissão Comunicação Social da ISJB, conversou com o inspetor sobre o seu jubileu sacerdotal. Leia a entrevista:

CCS: Como o senhor analisa esses 25 anos de sacerdócio?

Foram de empenho para fazer do ministério serviço. Olhando para a história só posso afirmar: tudo foi graça.

CCS: Os objetivos traçados na época de sua ordenação foram alcançados?

Evidentemente que não. A vida é uma contínua busca de crescimento e de amadurecimento.

CCS: Cite dois momentos marcantes dessa trajetória: um de conquista e outro de desafio.

Ter finalizado o inspetorado no Sul. Cumprir o mandato do serviço que estou realizando na Inspetoria São João Bosco.

CCS: O senhor completa 25 anos de ordenação no mesmo ano em que a ISJB chega aos 70. Anos atrás seu tio também foi inspetor. Fale um pouco de toda essa relação quem tem com a ISJB?

O tio, Pe. Virgínio Fistarol, visitava a casa de meus pais uma ou duas vezes por ano, porque os pais dele moravam com os meus pais em Ascurra, SC. Quando ele foi inspetor da ISJB (1955-1961) eu ainda não havia nascido. A Inspetoria vivia a fase da expansão, da consolidação em diversas presenças e do crescimento vocacional. Quando nos visitava em SC, sempre falava com amor da missão da Inspetoria São João Bosco e dos trabalhos que ele era chamado a realizar. Como criança, adolescente e depois jovem salesiano ouvia falar sobretudo da Obra salesiana no DF, no Estado do RJ e em MG. Almejava conhece-la um pouco mais. Nunca poderia pensar que um dia trabalharia neste território do Brasil salesiano. Leio tudo isto na ótica da fé.

CCS: Quais suas expectativas e desejos para os próximos 25 anos de sacerdócio?

Que o Bom Pastor me conceda sempre entusiasmo pelo carisma e pela missão salesiana e a graça de servi-lo, com amor e dedicação, nos lugares para onde Ele me conduzir.

CCS: Diante de suas experiências, o que tem a dizer para os jovens que estão em fase de discernimento vocacional e pensam em seguir a vida religiosa, especialmente a salesiana?

A vida religiosa e salesiana é maravilhosa e vale a pena; realiza as pessoas que se sentem chamadas. Se algum/a jovem se sentir chamado/a a pertencer a um dos 31 grupos da Família Salesiana, que não tenha medo de dizer ao Senhor: “Eis-me aqui, envia-me” (Is 6,8).